Mercado

Desenvolvimento na economia prevê aumento da demanda para os designers de interiores

Presidente da ABD fala sobre alta no mercado e o resultado positivo aos profissionais.

 

Segundo dados divulgados pela Confederação Nacional da Indústria, o Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção (ICEI-Construção) subiu 0,9 ponto em relação a dezembro de 2019, e atingiu 64 pontos em janeiro último. O maior nível desde dezembro de 2010.

A presidente da Associação Brasileira de Designers de Interiores (ABD), Silvana Carminati, afirma que juros mais baixos, novos financiamentos liberados para as construtoras, maior valorização do profissional e a retomada da Construção Civil são os principais motivos para a declaração esse cenário positivo.

 “O mundo inteiro está mais atento ao design de interiores e precisamos aproveitar a maré a favor para capacitar e potencializar os profissionais de design de interiores”, conclui.

O atual cenário profissional do Design de Interior oferece boas oportunidades em diversos segmentos. No entanto, o maior número de vagas está relacionado às grandes e médias empresas interessadas em projetos e desenvolvimentos de ambientes internos corporativos, como escritórios, salas de reunião ou até mesmo andares e prédio inteiros.

Existem diversas áreas disponíveis no mercado de trabalho onde bacharéis e tecnólogos em Design de Interiores podem optar por atuar ao longo da carreira profissional. Entre elas estão: Desenho de Imóveis; Decoração e Paisagismo; Gerenciamento; Projeto; Sustentabilidade, entre outras. Para estar apto a aproveitas as melhores oportunidades, o designer deve ser empático com o cliente, colocando-se no lugar dele para ser capaz de entender de fato quais são os desejos e necessidades.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *