Mercado

Seu empreendimento já foi certificado?

empreendimento

O mercado da Construção Civil cada vez mais está em busca das certificações que demonstram o quão sustentável são os empreendimentos. Ter uma certificação agrega muito valor não só ao empreendimento, que passa a contar com um VGV (valor geral de vendas) maior por conta das inovações como também para a imagem da construtora com o cliente, além do impacto positivo junto aos acionistas com a pauta ESG.

Segundo dados divulgados pelo Conselho Brasileiro de Construção Sustentável, a construção civil é responsável globalmente por: 30% da geração de lixo sólido,20% do consumo de água e 35% de toda a energia consumida.

Por tudo isso as empresas da cadeia produtiva da Construção Civil vêm buscando formas de reduzir seu impacto e a certificação é sempre uma forma de assegurar este esforço.

Quais as principais certificações do mercado?

Uma das principais é a certificação LEED. Este sistema internacional de certificação e orientação ambiental para edificações foi desenvolvido pelo Green Building Council.

A certificação funciona para todos os edifícios e pode ser aplicado a qualquer momento no empreendimento. Os Projetos que buscam a certificação LEED serão analisados por 8 dimensões. Todas possuem pré-requisitos (práticas obrigatórias) e créditos (recomendações) que à medida que atendidos, garantem pontos à edificação. O nível da certificação é definido, conforme a quantidade de pontos adquiridos, podendo variar de 40 pontos a 110 pontos. Os níveis são: Silver, Gold e Platinum.

Outra certificação bastante importante é a AQUA-HQE – Alta qualidade ambiental da edificação. Esta é uma certificação internacional desenvolvida a partir da certificação francesa Démarche HQE (Haute Qualité Environnementale), aplicada no Brasil pela Fundação Vanzolini. Trata-se da gestão total do projeto para obter a alta qualidade ambiental do empreendimento de construção e precisa alcançar, no mínimo, o perfil de Melhores práticas em três categorias, o nível Boas práticas em quatro categorias e o perfil Base em sete áreas. No Brasil contamos com 356 certificados distribuídos em 15 estados brasileiros, isso equivale a mais de 14 milhões de m² construídos em todo o País.

Algumas certificações também importantes nem sempre são citadas, como o Selo Procel de Edificações, estabelecido em novembro de 2014, um instrumento de adesão voluntária que tem por objetivo principal identificar as edificações que apresentem as melhores classificações de eficiência energética em uma dada categoria, motivando o mercado consumidor a adquirir e utilizar imóveis mais eficientes.

Também de adesão voluntária o selo Casa Azul + CAIXA é um instrumento de classificação ASG (Ambiental, Social e Governança) destinado a propostas de empreendimentos habitacionais que adotem soluções eficientes na concepção, execução, uso, ocupação e manutenção das edificações., são elegíveis projetos novos em fase de análise ou já analisados e contratados e estão divididos em Projetar e Habitar.

Cada vez mais os investidores e os clientes estão atentos a estas certificações, mostrando a importância de uma construção civil mais sustentável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.