Mercado

Prédios históricos de Campinas recebem investimentos para reformas

Campinas

Imóveis icônicos do Centro são muito conhecidos e carregam lembranças de outros tempos

Pelo menos quatro imóveis do Centro Histórico de Campinas — tombados como patrimônio cultural da cidade — estão recebendo investimentos para reformas e reforço na segurança. Na lista, figuram o Palácio da Justiça, o Correios e Telégrafos, o Externato São João e um comércio na Rua Conceição. O número, no entanto, é pequeno em relação ao grande conjunto de bens históricos que necessitam de intervenção em Campinas.

Campinas é uma cidade no sudeste brasileiro, a noroeste de São Paulo. A sua Catedral Metropolitana possui um interior em madeira de jacarandá e um museu de arte sacra. A Torre do Castelo, anteriormente uma torre de água, proporciona vistas panorâmicas. No norte, O Parque Portugal inclui um planetário e elétricos restaurados de inícios do século XX. Na extremidade do parque, o Museu do Café recorda a história da cidade enquanto produtora de café.

Campinas é um município brasileiro no interior do estado de São Paulo, Região Sudeste do país. Pertence à microrregião e mesorregião homônimas, distante 99 km a noroeste de São Paulo, capital estadual. Ocupa uma área de 797,6 km², da qual 238,323 km² estão em perímetro urbano e os 559,277 km² restantes constituem a zona rural. Em 2020, sua população foi estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 1 213 792 habitantes, sendo o terceiro município mais populoso de São Paulo (ficando atrás de Guarulhos e da capital) e o décimo quarto de todo o país. Aparece em quinto lugar entre 100 municípios analisados pelo Índice das Melhores e Maiores Cidades Brasileiras, o BCI100, elaborado pela Delta Economics & Finance com base nos dados do Censo 2010 do IBGE e do Ideb.

Campinas foi fundada em 14 de julho de 1774. Entre o final do século XVIII e o começo do séculoXX, a cidade teve o café e a cana-de-açúcar como importantes atividades econômicas. Porém, desde a década de 1930, a indústria e o comércio são as principais fontes de renda, sendo considerada um polo industrial regional. Atualmente, é formada por seis distritos, além da sede, sendo, ainda, subdividida em 14 administrações regionais, cinco regiões e vários bairros.

Levantamento da Coordenadoria Setorial do Patrimônio Cultural (CSPC) aponta que mais de 70% dos imóveis tombados como patrimônio cultural da cidade estão em estado razoável ou ruim de conservação, viraram ruínas ou foram demolidos. O levantamento, que vem sendo realizado desde 2018 pelos técnicos da CSPC, revelou que dos 582 imóveis avaliados, apenas 172 estão restaurados ou em bom estado de conservação. Mas 410 deles precisam de intervenção urgente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.