Mercado

 Juros baixo impulsiona investimento em imóveis

 No Brasil, comprar imóvel como forma de investimento nunca foi recomendado por especialistas. Porém, com a queda das taxas de juros a níveis nunca vistos, isso começa a mudar. Uma combinação muito favorável de fatores deve impulsionar os preços e o crescimento do mercado imobiliário por vários anos, prevê o sócio responsável pela gestora do BTG Pactual, Allan Hadid.

Hadid enumera as razões que devem aquecer o mercado imobiliário: “taxa de juros baixa, inflação sob controle, retomada da economia e aumento de investimento privado, tudo isso somado a questões microeconômicas, como escassez de imóveis e ativos imobiliários diante da falta de lançamentos nos últimos anos, além de uma melhora na capacidade de financiamento dos consumidores.” 

” O crédito mais barato deve acelerar os negócios e a queda dos juros multiplica o mercado comprador”, pondera o diretor de soluções corporativas da JLL, Roberto Patiño. De fato, no período no qual a Selic estava em dois dígitos, o financiamento habitacional com recursos de poupança cobrava juros de 12% a 13% ao ano. Desde 2018, com a queda da taxa básica de juros (Selic), o crédito imobiliário ficou significativamente mais barato.

 

(Fonte: Valor)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *