Mercado

Crédito imobiliário com taxa de juros fixa: vale a pena?

As contratações pela nova linha já estão disponíveis nas agências desde de 21 de fevereiro.

 

A Caixa Econômica Federal anunciou na última quinta-feira (20) uma linha de crédito imobiliário com taxa de juros fixa com juros de 8% até 9,75% ao ano.

Diferentemente de outras modalidades de financiamento imobiliário, que geralmente são corrigidas pela Taxa Referencial (TR) ou pela inflação (IPCA), essa nova linha não tem correção.

Segundo a advogada Daniele Akamine, sócia da Akamines Advogados e Negócios Imobiliários e especialista em Economia da Construção Civil, as taxas de juros pós fixadas estão, hoje, em torno de 7,3% ao ano mais a TR (que está zerada).

Com a taxa prefixada, o cliente tem a previsão sobre o financiamento ajustado. Foto: Acervo.

“Qualquer pessoa pode solicitar essa modalidade de financiamento. Importante é fazer contas para ver se vale a pena, uma vez que apesar de contar com a previsibilidade nas prestações, a taxa de juros é um pouco maior, uma vez que o risco fica com o Banco.”, confirma a advogada.

Dessa forma, caso a taxa de juros pré-fixada seja superior a 8,5%, não irá compensar para o cliente, visto que nos últimos 10 anos a TR só ultrapassou 1,5% nos anos de 2015 e 2016. 

“É importante lembrar que apesar da TR esta zerada, mas pode ser alterada, nos últimos 10 anos a taxa média foi de 0,007024%aa, tendo o seu pico em 2016, quando alcançou 2,01%aa.”, segundo Daniele Akamine, o financiamento pela taxa pré-fixada conta com uma taxa de juros maior, mas o cliente terá a garantia de quanto irá pagar do início ao fim do contrato. A Caixa nesse último mês passou a oferecer o financiamento com taxa de juros pré-fixada, o Santander também oferece essa linha de financiamento e, assim como na Caixa, nesse caso a taxa de juros é maior.

Não é nenhuma novidade é uma linha de financiamento que já existia, teve seu auge entre 2009 e 2011, no entanto, sem nenhuma expressividade. O Santander operada dessa forma para os casos que o sistema de amortização é a Tabela Price, ou seja, não aplica nenhum índice de correção monetária, mas a taxa de juros é superior.

 

Quando vale a pena?

Vai valer a pena para o cliente que não tiver nenhum apetite para o risco, pois se considerarmos uma TR de 1%aa para todo o período de financiamento, ainda assim, o valor pago será inferior ao da taxa pré-fixada.

É importante ressaltar, ainda, que para o cliente ser elegível a essa linha de financiamento, ele precisa ter uma renda superior, visto que como a taxa de juros é maior, a prestação inicial também será superior.

Segue abaixo comparativo para financiamento de R$ 250mil, no prazo de 30 anos, para cliente na faixa dos 40 anos, considerando uma projeção de TR de 1%aa:

 

 

 

 

(Fonte: G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.