Mercado

Construção civil de Porto Alegre (RS) vai voltar às atividades a partir de segunda 10/08

O trabalho será liberado inicialmente das 7h às 17h, que foi o período sugerido pelo sindicato e pelas empresas.

Na manhã dessa sexta-feira (07/08), em conversa virtual com construtoras da cidade, o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, respondeu aos participantes: “Pode disparar”.  A declaração sinalizou o retorno das atividades do setor da construção. Com isso, as obras privadas poderão ser retomadas dentro da liberação de atividades.

Segundo o presidente do Sinduscon-RS, Aquiles Dal Molin Júnior, o período anterior à atual parada, que ocorreu há 30 dias, restringia mais horários e não foi efetivo em muitos canteiros de obras:

“Muitos avaliavam se valia manter a atividade porque caía muito a produtividade”, explicou Dal Molin.

O segmento acertou o retorno, que pode sofrer eventuais ajustes no período. Marchezan fez um apelo e pediu apoio para reforçar as medidas de segurança e proteção.

“Com a liberação sugerida pelas entidades tem risco de rápida aceleração da contaminação, mas é um risco que sempre esteve presente”, ponderou. “Se acontecer, preciso do apoio integral para tomar restrições para salvar vidas”, projetou Marchezan, indicando que medidas de fechamento podem voltar.

Créditos: Divulgação.

O setor já aguardava a liberação. “Trabalhadores, mestres de obras, estão todos em casa só esperando”, disse um construtor.

Esta semana, além da maior pressão para reabertura, que uniu setores afetados pelas restrições, teve a aprovação da admissibilidade do processo de impeachment do prefeito. Marchezan aponta motivação eleitoral no processo.

Fonte: Jornal do Comércio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.