Mercado

Ibovespa acompanha otimismo lá fora com remédio para covid-19

Investidores aguardam ainda declarações de Jerome Powell, presidente do BC dos EUA, que sinalizem por novos estímulos.

Os mercados financeiros operam sob grande clima de expectativas pela divulgação dos números do PIB (Produto Interno Bruto), do primeiro trimestre dos EUA, que jogará alguma luz sobre os efeitos da pandemia da covid-19 na economia americana.

Depois de saciada a “curiosidade” pelo desempenho da economia, os investidores seguem à espera da decisão sobre juros do Federal Reserve (Fed, o banco central americano).

Embora nenhuma mudança nas taxas seja esperada, os investidores esperam que o presidente do Fed, Jerome Powell, envie uma mensagem tranquilizadora de que tem a atual crise financeira sob controle após uma série de movimentos de estímulo nas últimas semanas.

“Os traders esperam sinais significativos na declaração de política do Fomc de hoje, quando o Fed, em termos inequívocos, enviar mensagens claras de que configurações extraordinárias de sua política permanecerão em vigor pelo tempo que for necessário”, escreveu Stephen Innes, estrategista-chefe de mercados globais da AxiTrader, em nota enviada a clientes.

No mercado doméstico, a questão política segue em foco após declaração polêmica do presidente Jair Bolsonaro. Após ser informado, na tarde de ontem, de que as mortes por covid-19 aceleraram no país, ele respondeu a jornalistas: “E daí? Quer que eu faça o que? Sou Messias, mas não faço milagre”.

De segunda-feira para terça-feira, foram registradas mais 474 mortes no Brasil, levando o total de óbitos a 5 mil e ultrapassando a China nesta estatística.

A frase repercutiu mal no meio político.

Mercados internacionais

Créditos: Divulgação.

Os mercados asiáticos subiram no início das negociações de hoje, mas fecharam em direções mistas e com variações modestas, com os investidores aguardando a decisão do Federal Reserve (Fed) hoje.

Ainda assim, as bolsas da Ásia-Pacífico sobem mais de 20% em relação às suas mínimas recentes, saindo do território de baixa (ou “bear market”).

As ações de energia (que tiveram um dos piores desempenhos no início do ano por causa da queda abrupta do petróleo) e as farmacêuticas, lideraram a recuperação asiática.

O índice Hang Seng, referência de Hong Kong, subiu 0,28%, e o Kospi, de Seul, avançou 0,70%. Na China, o índice Xangai composto subiu 0,44%, enquanto o Shenzen composto recuou 0,10%. Em Tóquio, os mercados ficaram fechados em função do feriado do Dia de Showa.

Na Coreia do Sul, as ações da Samsung Electronics caíram um pouco depois que a gigante da tecnologia registrou um ligeiro declínio no lucro líquido no segundo trimestre, apesar da crescente demanda por seus chips de memória.

Fonte: Valor Invest.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *