Negócios

Empresas doam testes rápidos e respiradores para combater coronavírus no Brasil

Diante da rápida disseminação da Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus) no Brasil, empresas públicas e privadas anunciaram doações para a compra de testes rápidos para identificar a doença e respiradores.

A Petrobras informou que encomendou, nos Estados Unidos, 600 mil testes para diagnóstico de Covid-19. Deste total, 400 mil serão entregues ao Ministério da Saúde e 200 mil à Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro. De acordo com a estatal, os produtos devem chegar ao Brasil até o próximo mês.

Além da doação a estatal criou um grupo multidisciplinar, composto por profissionais do seu centro de Pesquisas (Cenpes), para avaliar e propor soluções em parcerias com universidade, empresas e instituições que possam ajudar no combate ao corona vírus.

 

Doação de testes

 

De acordo com a Marfirg, a doação é suficiente para a compra de 100 mil testes. Créditos: Divulgação.

 

No caso do frigorífico, os R$ 7,5 milhões serão destinados ao Ministério da Saúde. O valor será destinado à compra de testes rápidos para diagnosticar a covid-19.

“Esperamos que nossa iniciativa seja seguida por outras companhias brasileiras”, diz Marcos Molina dos Santos, fundador e presidente do Conselho de Administração da Marfrig. “Este é um momento de união e de solidariedade.”

No último sábado, 21/03, a companhia divulgou, em comunicado, a manutenção da produção de todas as suas plantas no Brasil, Uruguai, Argentina, Chile e Estados Unidos, cuja operação estaria funcionando atualmente em plena capacidade para abastecimento da população, segundo a Marfrig.

 

MRV em parceria com governo de MG

Os equipamentos são fundamentais para o tratamento e combate da pandemia do novo coronavírus. Créditos: Divulgação.

 

A doação de R$ 10 milhões da família Menin é fruto de ação em parceria com o Governo de Minas Gerais e a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG). O fundador da MRV Engenharia, anunciou, na noite deste domingo (22), a doação R$ 10 milhões para a compra de respiradores para Estado de Minas Gerais.

Rafael Menin, presidente da MRV e filho de Rubens, também informou pelo Twitter que a construtura doará R$ 4 milhões dos R$ 10 milhões anunciados. “A @mrvoficial participará desta primeira etapa de doação e de outras tantas que serão necessárias nestas próximas difíceis semanas. Estamos participando de um grande projeto em parceria com o Governo de MG e com a FIEMG. Momento exige ações concretas de todas as lideranças!”, escreveu.

 

Produção de álcool gel

 

Segundo entidade, São Paulo pediu 250 mil litros do produto, usado para formulação em gel. Créditos: Divulgação.

 

A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), por meio de suas associadas, vai doar um milhão de litros de álcool para a produção de álcool gel e álcool 70 para que sejam utilizados na contensão do coronavírus.

O álcool 70 a ser doado será produzido voluntariamente após a concessão de uma autorização extraordinária e temporária pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Seis Estados receberão essa doação: São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Paraná e Santa Catarina.

 

Os volumes serão transportados até pontos indicados pelas secretarias dos estados, onde ocorrerá o processamento industrial, para a transformação em gel ou o envase da solução líquida. Depois disso, a distribuição para as unidades públicas de saúde será coordenada pelas secretarias.

A operação também está mobilizando a Associação Brasileira de Transporte e Logística de Produtos Perigosos (ABTLP), que está fazendo o deslocamento da carga em veículos próprios, e do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes (Sindicom), que está doando o óleo diesel que será usado. A Unica diz que toda a operação está respeitando as medidas de higiene e segurança conforme orientações do Ministério da Saúde e da Anvisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.