Mercado

Caixa reforça presença no home equity

Banco anunciou ontem novas taxas para a modalidade, que valem a partir de segunda-feira.

A Caixa Econômica Federal quer ampliar a sua presença no mercado de home equity, linha de crédito no qual o imóvel é usado como garantia. O banco anunciou ontem novas taxas para a modalidade, que valem a partir de segunda-feira (03/08).

“O home equity tinha um foco muito pequeno na Caixa. Teremos a ampliação desse foco”, disse o presidente da instituição financeira, Pedro Guimarães.

O cliente que aderir ao home equity poderá optar pela quitação do empréstimo baseada em três taxas diferentes: IPCA, Taxa Referencial (TR) e taxa fixa. No primeiro caso, a taxa será a partir de IPCA mais 0,6% ao mês. No segundo, TR mais 0,7% ao mês. No terceiro, taxa fixa de 0,8% ao mês. No primeiro caso, a quota máxima de financiamento em relação ao valor do imóvel é de 50%. Nos outros dois casos, sobe para 60%.

Em todas as três opções, o prazo é de até 180 meses. Além disso, o cliente poderá escolher pelo Sistema de Amortização Constante (SAC) ou Price.

A medida, no entanto, vale somente para imóveis livres de ônus. Ou seja: aqueles que não servem como garantia para outro empréstimo. O compartilhamento de garantias foi autorizado neste mês pelo Banco Central (BC).

Atualmente, a Caixa tem R$ 3,5 bilhões de crédito em home equity, o equivalente a 32% do total no país. Segundo Guimarães, o objetivo do banco é que o volume próprio de home equity atinja R$ 40 bilhões “nos próximos anos”, sem dar detalhes sobre prazos.

O banco anunciou ainda novas taxas para pessoas físicas no financiamento para aquisição de terrenos e construções individuais. Créditos: Divulgação.

O financiamento de construções pode ser usado para imóvel residencial com aquisição de terreno ou em terreno próprio.

Nesse caso, a taxa irá de TR mais 6,5% ao ano até TR mais 8,5% ao ano. Já a modalidade para a aquisição de terrenos individuais terá apenas a poupança como funding. A taxa irá de TR mais 8,5% ao ano até TR mais 10,25% ao ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.