Mercado

Arthur Casas lança novo livro

Impossível pensar na arquitetura contemporânea mundial e não citar o arquiteto brasileiro Arthur Casas, que fincou a sua visão peculiar do modernismo em nível nacional e internacional.

Este arquiteto paulistano, com 40 anos de carreira, dirige o Studio Arthur Casas com escritórios nas cidades de São Paulo e Nova York e está cada vez mais sendo procurado pelas incorporadoras para assinar empreendimentos imobiliários destinado ao público AA+, o que leva a um crescimento estimado de 30% dos projetos do escritório para atender este mercado.

Uma de suas principais características está a valorização da liberdade criativa. O designer não suporta o universo clichê do neoclassicismo e a sensação de falso conforto revestida de materiais de péssima qualidade.

Neste novo livro, o arquiteto reuniu 20 de seus mais emblemáticos projetos e como ele mesmo afirma: “São trabalhos que têm o meu DNA. Eles dizem muito sobre como eu acho que a arquitetura e o design devem ser e que impacto eles podem ter na vida das pessoas”.

O livro demonstra toda sua versatilidade, desenvolvendo projetos de espaços arquitetônicos públicos a privados, e até de revitalização urbana.

Arthur Casas é capaz de criar ambientes completos que respondem às necessidades de seus clientes – e são eles mesmos, os clientes, que ajudam a dar forma a cada projeto. “Projetar um prédio ou uma cadeira é a mesma coisa, enfrento as mesmas dificuldades e aplico o mesmo princípio que resulta simplesmente em expressar a mesma linguagem estética”, afirma.

As fotos do livro foram feitas por fotógrafos renomados como Fernando Guerra e Filippo Bamberghi, além de Mauro Restiffe, alguns dos mais celebrados fotógrafos brasileiros contemporâneos.

O Studio Arthur Casas já executou mais de 500 projetos de arquitetura residencial e comercial, concursos públicos e design de interiores e produtos – tanto no Brasil como no exterior. O escritório ganhou reconhecimento ao longo dos anos e recebeu inúmeras homenagens nacionais e internacionais, como o World Architecture Festival Award 2015 para o Pavilhão Brasileiro na Expo Milão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site é protegido por reCAPTCHA e pelo Googlepolítica de Privacidade eTermos de serviço aplicar.

The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.