Mercado

Pavimento permeável reduz alagamento em cidades

Em períodos de alta incidência de chuvas, como o verão, a baixa permeabilidade do solo urbano se torna um problema. Diante deste cenário, o pavimento de concreto permeável se apresenta como uma possível solução para reduzir o número de alagamentos nas cidades.

Também conhecido como concreto poroso, o material é similar ao concreto convencional, porém, com uma proporção maior de agregado graúdo em relação ao miúdo. O traço alterado resulta em maior índice de vazios (15% a 35%) facilitando a passagem da água e ar para o subsolo.

José Tadeu Balbo, professor e Coordenador do Laboratório de Mecânica de Pavimentos da Politécnica da USP, explica que o correto emprego do concreto permeável exige uma base e sub-base granular para armazenamento da água até a sua absorção completa pelo solo:

“Ambas as camadas são necessárias para um pavimento ser considerado permeável. A camada de base (brita mal graduada ou RCD, por exemplo) necessita ter, no mínimo, a mesma porosidade que o revestimento e, no máximo, 40%.”, destaca. O professor afirma, ainda, que para ser funcionalmente permeável, o sistema exige permeabilidade de pelo menos 0,1 cm/s em precipitações.’’

Esquema ilustrativo do concreto permeável em um sistema de drenagem | Crédito: ABCP (2013)

 

Segundo a Associação Brasileira de Cimento Portland – ABCP, em regiões urbanas densamente ocupadas, as superfícies viárias e áreas de uso industrial/residencial chegam a representar 30% da área da bacia de drenagem. Nesse contexto, a utilização de pavimentos permeáveis contribuiria para reduzir o escoamento superficial e o acúmulo de água.

“Ao permitir a passagem da água, o pavimento permeável minimiza a impermeabilização das áreas que ocorre com os sistemas convencionais e dependendo das condições de projeto, a água retirada da superfície pode retornar ao lençol freático ou até ser reaproveitada – no caso das edificações industriais e residenciais”, explica o Gerente de Inovação e Sustentabilidade da instituição, engenheiro Cláudio Oliveira Silva.

Ilustração do conceito do concreto permeável | Crédito: Tecnosil

Impulsionados pela publicação da NBR 16.416 que definiu os requisitos e procedimentos deste sistema, os pavimentos permeáveis adquiriram maior relevância no Brasil após 2015. Apesar disso, o professor da USP ressalta que o mercado ainda carece de critérios, considerando que a norma vigente é mais aplicável a blocos e placas pré-fabricadas de concreto permeável: “A aplicação in loco do concreto permeável ainda é carente de normas que estabeleçam critérios de dosagem, aplicação e de manutenção periódica.”.

Balbo relembra que, neste sistema, a infiltração de sólidos e de matérias orgânicas reduz a permeabilidade do pavimento com o tempo e, por isso, rotineiramente “necessitam de manutenção, empregando-se simultaneamente aspiração e lavagem sob pressão”.

Fontes: Concrete Show Digital | ABCP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site é protegido por reCAPTCHA e pelo Googlepolítica de Privacidade eTermos de serviço aplicar.

The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.