Mercado

Obras de ampliação da Estação Santo Amaro são retomadas

Parada há quase dois anos, as obras para a ampliação da Estação Santo Amaro da Linha 5-Lilás do metrô foram retomadas nesta semana pela concessionária responsável, a ViaMobilidade. A intervenção é a maior prevista no contrato de concessão da operadora, fechado em abril de 2018, gerando cerca de 300 empregos diretos e indiretos, e conclusão prevista para o segundo semestre de 2024.

Registrando um aumento de mais de 90% no fluxo de passageiros – desde a abertura das últimas estações entre a Adolfo Pinheiro à Chácara Klabin – a Estação Santo Amaro atende hoje um trânsito diário médio de mais de 75 mil pessoas.

Dentre as principais intervenções realizadas pela concessionária, as obras de ampliação preveem:

  • Alargamento em sete metros das plataformas de embarques, melhorando o tráfego de passageiros nos dois sentidos;
  • Implantação de três escadas rolantes novas, três elevadores e uma escada fixa na extremidade do lado da Linha 9-Esmeralda;
  • Ampliação do mezanino da estação na Linha 9-Esmeralda e da passarela de integração em 14 metros;
  • Construção de uma nova passarela de integração entre as duas estações, com largura de seis metros;
  • Requalificação do acesso ao mezanino da estação da Linha 9-Esmeralda, com a implantação de novas bilheterias e câmeras de contagem;

Segundo o presidente da CCR Mobilidade, Marcio Hannas, a retomada das obras exigiu o cumprimento de algumas etapas visando investigar e identificar pontos críticos que pudessem oferecer riscos:

 “Realizamos várias análises para aprimorar o projeto e escolher uma nova construtora, além de reunir toda a documentação e obter as licenças necessárias – sempre com um olhar cuidadoso para as questões de segurança e ambientais, já que realizamos uma obra às margens do Rio Pinheiros”, destacou.

Após a realização de estudos técnicos, a concessionária decidiu por reaproveitar 55% da estrutura metálica já existente no canteiro da primeira etapa, incluindo os pilares das novas plataformas sobre o Rio Pinheiros e outros componentes das novas passarelas de integração entre as estações da Linha 9-Esmeralda e da Linha 5-Lilás.

Após a conclusão das obras, toda a área será recuperada com o plantio de 1,5 mil árvores nativas.

Segundo a ViaMobilidade, as obras de ampliação seguem sem a interrupção no fluxo de passageiros em ambas as linhas, Lilás e Esmeralda.

 

Imagem: Divulgação | ViaMobilidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site é protegido por reCAPTCHA e pelo Googlepolítica de Privacidade eTermos de serviço aplicar.

The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.