Negócios

Impermeabilização adequada ajuda a garantir durabilidade às marquises

Entre os problemas que podem comprometer a durabilidade das marquises está a falta de impermeabilização.

 As coberturas salientes que, em certos prédios ou edifícios, servem para proteção da chuva e do sol, mais conhecida como marquises, são estruturas em balanço construídas em concreto para proteger a entrada de edificações. Quando não recebem os devidos cuidados, as marquises ficam sujeitas a desabamentos que põem em risco a segurança dos usuários.

A maioria das patologias que acometem as marquises (podendo, inclusive, causar acidentes) está relacionada a falhas de projeto e de execução. É o caso do mal posicionamento das armaduras, por exemplo.

Créditos: DENVER.

De acordo com o Luciano Segundo da Silva, gerente técnico da DENVER, quando não são submetidas à manutenção preventiva, surgem patologias e podem evoluir a ponto de levar a estrutura ao colapso.

Quando questionado sobre quais são os cuidados necessários para evitar um desabamento, Luciano Segundo da Silva comenta sobre a necessidade da execução de camada impermeabilizante ou de proteção do concreto. “Executadas adequadamente e com desempenho comprovado, seguem acompanhadas com um plano de manutenção preventiva, e havendo a necessidade, a realização da manutenção corretiva.”, e descreve que é necessário seguir à risca um cronograma de aplicação.

Créditos: Denver.

Entre as responsabilidades do projeto, o gerente diz que é preciso seguir o código de edificações de casa cidade.

“O proprietário do imóvel é o responsável pela manutenção das condições de estabilidade, segurança e salubridade do imóvel, suas edificações e equipamentos. Na prática poucas edificações possuem manutenções preventiva ou preditiva, atentando-se apenas na manutenção corretiva, porém, muitas vezes é tarde demais.”, afirma Luciano Segunda da Silva.

Existe uma legislação que determine a periodicidade das inspeções, porém, Luciano Segundo reforça que a Lei de Inspeção Predial não é federal, no geral, a legislação pede a realização de vistoria e laudo de Inspeção Predial.

Existem também a possibilidade de ter como base a ABNT NBR 5674/2012 – Gestão de Manutenção, que esclarece as responsabilidades do proprietário.

Luciano Segundo da Silva

Gestor da equipe de assistência técnica, atendendo reclamações pertinentes a impermeabilização (produtos e execução) e em menor proporção pertinentes a recuperação estrutural. Atuação direta no laboratório contribuindo na P&D de novos produtos e na melhoria dos produtos de linha. Responsável pelos treinamentos e cursos internos e externos visando a disseminação do conhecimento. Atuando junto aos órgãos de classe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.