Mercado

Valor do aluguel em São Paulo valorizou 2,9% no primeiro semestre de 2020

Nos últimos 12 meses, o crescimento no preço da locação foi de 5,9%.

Mesmo com a incerteza gerada pelo momento atual, o preço de locação em São Paulo foi valorizado neste primeiro semestre. A média do valor do aluguel cresceu 2,9% de janeiro a junho de 2020. Já nos últimos 12 meses, o aumento foi de 5,9%.

Com elevação de 0,3% no mês de junho, o preço de um imóvel padrão (65m², 2 dormitórios e 1 vaga de garagem) ficou no patamar de R$ 1.975,00/mês. Jardim Leonor foi o bairro onde o valor de locação mais se valorizou nos últimos 12 meses. Com crescimento de 24,9%, o preço médio para locar um imóvel na região é R$ 3.076,00/mês. Na sequência, aparecem Vila Cordeiro, com alta de 24,6% (R$ 4.899,00/mês), e o bairro da Luz, com elevação de 24,5% (R$ 1.910,00/mês).

 Por outro lado, o bairro Jardim das Acácias apresentou a maior queda (24%) e seu preço de locação ficou no patamar de R$ 3.243,00/mês, seguido por Jardim da Glória (R$ 2.359,00/mês) e Sapopemba (R$ 1.415,00/mês), com quedas de 21,2% e 20,5%, respectivamente.

Conheça os bairros mais caros e econômicos para locar um imóvel em São Paulo:

No mês de junho, a rentabilidade imobiliária anual da cidade de São Paulo apresentou leve aumento. Sem grandes alterações, a média anual ficou em 5,5%. A partir desses dados, podemos dizer que serão necessários 18,3 anos de aluguel para rever o valor investido na compra do imóvel, período 4,0% menor que há um ano.

 Veja onde estão as rentabilidades mais altas e baixas:

 

Valor do metro quadrado cresce 1,1%

Quando o assunto é compra de imóveis, pode-se dizer que o preço médio do m² não está sofrendo grandes variações. O estudo do Imovelweb apresentou que a média do m² em São Paulo está em torno dos R$ 6.163,00/m². O valor cresceu apenas 0,1% no último mês, sendo que no primeiro semestre deste ano, a valorização foi de 0,5%. Nos últimos 12 meses, o índice foi de 1,1% de aumento.

 Vila Souza (R$ 5.034,00/m²) foi o bairro com maior aumento no valor do m², subindo 19,1% nos últimos 12 meses. Chácara Santa Etelvina (R$ 2.649,00/m²) aparece logo em seguida, com crescimento de 19,0%, e Vila Azevedo (R$ 8.052,00/m²) com elevação de 18,7%.

 Já o bairro Parque do Carmo apresentou a maior queda no valor do metro quadrado (-19,3%), com média de R$ 3.753,00/m², juntamente com Sítio Morro Grande (-18,8%) e Chácara Santana (-18,7%), cujas médias do m² ficaram em R$ 4.077,00/m² e R$ 6.872,00/m², respectivamente.

 Saiba quais bairros possuem as médias do m² mais altas e baixas da capital paulista:

Relatório elaborado por, Imovelweb.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.