Negócios

Quando utilizar argamassa impermeabilizante monocomponente e bicomponente?

argamassa

A importância da argamassa

O que devo considerar na escolha do produto?

Essas são só algumas das perguntas que chegam diariamente à assistência técnica, quando o assunto é argamassas impermeabilizantes, então separamos alguns pontos importantes a serem analisados na escolha.

As argamassas bicomponentes são materiais pré-dosados no processo de fabricação, evitando alterações na quantidade de cada um de seus componentes durante a mistura. Utilizando a quantidade total, a responsabilidade sobre a qualidade e desempenho é da empresa que fabricou o produto. Já no caso de argamassas monocomponente a responsabilidade sobre o resultado final é do aplicador, pois se colocar muita água perde eficiência, e se colocar pouca água, o produto perde seu rendimento e o consumo aumentará.

Argamassa é a mistura homogênea de agregados miúdos (geralmente, areia), aglomerantes inorgânicos e água, contendo ou não aditivos ou adições, com propriedades de aderência e endurecimento, podendo ser dosada em obra ou em instalação própria. É usada sobretudo no assentamento ou revestimento de alvenarias.

As argamassas são empregadas com as seguintes finalidades:

  • assentamento de tijolos e blocos, azulejos, ladrilhos, cerâmica e tacos de madeira;
  • impermeabilização de superfícies;
  • regularização de superfícies (preencher buracos, eliminar ondulações, nivelar e aprumar), tais como paredes, pisos e tetos;
  • dar acabamento (liso, áspero, rugoso, texturizado etc.) às superfícies .

Desenvolvimento

Chama-se traço a proporção em volume ou em massa entre os componentes das argamassas (cimento, cal e areia), que varia de acordo com a finalidade e as características desejadas da argamassa. e 

As argamassas mais comuns são constituídas de cimento, areia e água. Em alguns casos, costuma-se adicionar outro material como cal, saibro, barro, caulim ou resinas para a obtenção de propriedades especiais. Argamassas industrializadas contêm aditivos que podem melhorar suas características. A argamassa funciona como uma cola que permite unir diversos materiais de construção e pode-se acrescentar-lhe algum componente a fim de melhorar a adesão. Da mesma forma, certos aditivos podem fazer com que a argamassa adquira propriedades impermeabilizantes. No caso de argamassas poliméricas, os aglomerantes são normalmente resinas sintéticas, e o agregado é o pó de pedra.

Assim como o concreto, as argamassas também se apresentam em estado plástico nas primeiras horas de confecção; com o tempo, endurecem, ganhando resistência, resiliência e durabilidade. Esse processo se chama cura da argamassa.

São classificadas, segundo a sua finalidade, em argamassas para assentamento de alvenarias, para revestimento ou para assentamento de revestimentos.

Tipos

Argamassas para assentamento de alvenaria

As argamassas para assentamento são usadas para unir blocos ou tijolos das alvenarias.

Dependendo do tipo de bloco ou tijolo, podem ser utilizadas diversas técnicas de assentamento com argamassa. Normalmente ela é colocada com colher de pedreiro, mas podem ser utilizadas também bisnagas.

As três primeiras fiadas de uma parede de blocos ou tijolos devem ser revestidas inicialmente com uma camada de argamassa de impermeabilização, que protege a parede contra a penetração da umidade e reagentes externos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.