Paulo Oliveira

Pré-construção, Fast Construction e Construção Modular: o que aprendemos com as estratégias de guerra e com a cultura oriental?

Parece incrível que um tratado de estratégias militares escrito há mais de 2.500 anos, pelo estrategista e filósofo chinês Sun Tzu, “A Arte da Guerra”, ainda seja um clássico para os estudiosos de marketing. Nas últimas décadas, outras boas publicações voltadas para a área de marketing e planejamento estratégico também abordam temas relacionados à estratégia militar.

 

Livros “A Arte da Guerra” e “Marketing de Guerra”.

 

Na cultura oriental, o planejamento, que tem origem na estratégia militar, tem prioridade absoluta e é pré-requisito para o sucesso de qualquer atividade ou projeto. Lamentavelmente, este fundamento ainda não adquiriu raízes na cultura ocidental.

Neste artigo abordamos a Pré-construção, uma área de conhecimento da engenharia fortemente embasada no planejamento. O objetivo é explorar o trabalho colaborativo de uma equipe multidisciplinar, previamente à etapa de Construção para desenvolver as melhores soluções de engenharia, o planejamento e um projeto integrado de construção, garantindo a sua eficácia e construtibilidade. O BIM (Building Information Modeling) e ferramentas como Engenharia e Análise do Valor (EAV), Lean Construction, Engenharia Simultânea e Target Costing são utilizados na etapa de Pré-Construção, para maximizar os seus benefícios e resultados.

Uso do BIM para análise de interferências e para o estudo virtual da construção.

 

Também destacamos os princípios da Fast Construction, metodologia voltada para a simplificação de processos, redução de interfaces e racionalização de etapas. As diversas atividades são desenvolvidas de forma paralela ou simultânea, com grande economia de tempo. Com isso, a construção começa mais cedo e é realizada mais rapidamente.

Comparação entre processo de projeto e construção tradicional e Fast Construction.

 

O setor de construção, ao contrário da indústria, lamentavelmente não se apropriou dos benefícios da digitalização, no que tange à melhoria de processos, inovação e ganhos de produtividade. Obras que apresentam problemas de qualidade, atrasam e impactam em maior custo de construção e manutenção são problemas frequentes, que afetam a imagem e competitividade do setor, criam desgastes com os clientes e afastam os investidores.

A indústria da Construção Modular veio para mudar este cenário, substituindo com vantagens os métodos convencionais de construção. A redução de prazos de até 50% e de custos de até 20% em relação à construção tradicional, são fortes motivos para justificar o avanço da Construção Modular. Além disso, as empresas mais modernas de Construção Modular exploram a inteligência de engenharia e as competências provenientes da Pré-construção e da Fast Construction em seus processos. Isso permite ainda maior velocidade nas etapas de projeto, fabricação e montagem, além da obtenção de produtos mais eficazes e de melhor qualidade e desempenho.

Construção Modular: etapas de fabricação e montagem.

 

Quer saber mais? Baixe o e-book sobre Pré-construção, Fast Construction e Construção Modular

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *