Mercado

Obras sem licitação em estradas de SP incomodam concorrentes

Obras

Órgão que administra rodovias diz que fez 40 obras emergenciais.

A palavra obra tem como sentido geral um trabalho realizado ou a realizar.

Em literatura se aplica tanto a um escrito, como a totalidade de uma produção, seja de uma pessoa assim como de um conjunto.

Em engenharia se utiliza a palavra obra para designar um projeto executado ou pendente de execução. Uma obra civil é um conjunto de actividades nas quais se altera a aparência, estrutura ou forma de uma edificação parte dela.

Em arquitetura se aplica tanto à execução de um projeto, como aos trabalhos de reforma de um já executado. Uma obra arquitetônica é uma construção elaborada com uma intenção estética e técnica definida. Atende aos anseios do arquiteto-construtor de produzir um espaço arquitetônico determinado.

Em artes, é um trabalho artístico.

 Asfalto DER (Departamento de Estradas de Rodagem), que administra as rodovias do estado de SP, tem feito dezenas de contratos sem licitação nos últimos meses. A seleção das empresas que estão sendo apontadas em contratação direta vem provocando desconforto entre os concorrentes. Procurado pela coluna, o órgão diz que fez 40 obras emergenciais neste ano, com 29 já concluídas, e que está seguindo a lei para atender regiões que precisaram de intervenção rápida.​

Obras
crédito: Divulgação

Radar O DER afirma que o serviço é necessário para “evitar a interrupção total ou parcial do tráfego entre regiões e cidades e garantir a segurança dos usuários das rodovias paulistas”.

Acostamento Entre os exemplos de contratos publicados recentemente, há projetos de cerca de R$ 5,7 milhões para obras e serviços de correção e proteção de talude ou de R$ 2,2 milhões para conter erosão.

Fonte: Folha de São Paulo

Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.