Mercado

No Ceará, setor da construção civil tem a maior diferença salarial entre admitidos e desligados

Foto: Fábio Lima

Enquanto metade dos contratados recebiam menos de R$ 1,2 mil, os demitidos ganhavam menos de R$ 1.240

 

Em 2019, no Ceará, a construção civil foi o setor que apresentou a maior diferença entre os salários dos trabalhadores admitidos e desligados. De acordo com o Núcleo de Dados do Sistema Verdes Mares, enquanto metade dos contratados da construção civil recebia menos de R$ 1,2 mil, os demitidos ganhavam menos de R$ 1.240, uma diferença salarial de R$ 40.

O setor de serviços foi o segundo segmento que apresentou maior variação, de R$ 24. Os admitidos recebiam no ano passado R$ 1.070. Já os desligados ganhavam menos de R$ 1.094.

Em seguida, aparece o comércio. Neste setor, metade dos trabalhadores contratados no ano passado ganhava menos de R$ 1.059, enquanto que 50% dos demitidos no Estado recebiam menos de R$ 1.077.

O único setor em que a metade dos trabalhadores admitidos teve remuneração maior do que os desligados foi na extrativa mineral. Neste segmento, 50% dos contratados ganhavam R$ 1,2 mil, enquanto que os desligados, R$ 1.136,50.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.