Mercado

No Ceará construção civil estuda primeira fase de reabertura da economia, afirma Sinduscon

construção civil

Criado em 8 de setembro de 1934, o SindusCon-SP deu seus primeiros passos atendendo pelo nome de Sindicato Patronal dos Construtores de São Paulo. A razão do nome é que, naquela época, os trabalhadores das mais diversas categorias profissionais estavam se organizando em sindicatos. Era imperativo, portanto, que as empresas de um mesmo setor também se organizassem em torno de uma contraparte patronal, que deveria negociar com os trabalhadores.

Governador Camilo Santana revelou que o planejamento de retomada das atividades deve ser concluído até o final do mês na construção civil.

O setor da construção civil deve estar na primeira fase do plano de reabertura da atividade econômica no Ceará, afirmou nesta semana o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon-CE), Patriolino Dias.

Dias afirma que o assunto foi discutido com o governo do estado durante reunião do grupo de trabalho que estuda o retorno das atividades. Segundo o secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Maia Júnior, o projeto inicial foi apresentado nesta terça-feira ao governador. No entanto, ainda não há data prevista para implementação.

O presidente do Sinduscon-CE afirma que 40% do setor estaria autorizado a operar em um primeiro momento de retomada. “Ainda não sabemos se seriam 40% das obras ou 40% de cada obra. Eles ainda estão regulamentando isso”, detalha Dias.

construção civil

Petrolino Dias, presidente do Sinduscon – CE. Créditos: Divulgação.

Um dos motivos que explicam a prioridade no retorno das atividades é o baixo risco de contaminação do setor, segundo o presidente do Sinduscon-CE. “Nossos canteiros são abertos, arejados, não temos aglomeração, não atendemos o público em geral, e vamos seguir um protocolo seguro na parte sanitária”, destaca Dias.

Juntamente com as obras, todas as atividades que formam a cadeia da construção civil poderão retornar também nesta primeira fase. O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), Maurício Filizola, revela como está sendo planejada a reabertura.

“O retorno se dará por cadeia produtiva. No caso da construção civil, voltam as obras, as lojas de construção e relacionados. Dessa forma, teremos setores do comércio beneficiados logo na primeira fase”, detalha.

Retomada da economia

construção civil

Chefe da Casa Civil, Élcio Batista. Créditos: Divulgação.

 Conforme já havia revelado o chefe da Casa Civil, Élcio Batista, o plano de reabertura da atividade econômica terá quatro fases e deverá durar pelo menos 56 dias. No entanto, o projeto só terá início quando os índices de contaminação, internação e óbitos provocados pelo novo coronavírus diminuírem.

Fonte: G1 CE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.