Colunistas Newton Azevedo

Entender ou sentir?

Por Newton Azevedo

Neste quase meio ano em que o mundo está fazendo um pit stop, creio que dentre os vários assuntos repensados pela sociedade, destaca-se a questão da responsabilidade social empresarial. Tenho a certeza de que todos os nossos leitores entendem o significado do tema. 

A diferença é que agora temos que não apenas entender, mas realmente sentir a necessidade que nossos grupos empresariais ajam de forma efetiva na busca da mitigação da enorme desproporção existente no direito dos nossos cidadãos.

Grupos empresariais tradicionais e os “novos entrantes” no mercado de infraestrutura tem que estar conscientes que o grande desafio é estabelecer um novo senso moral que integre ciência e tecnologia para o bem comum.

Nesta nova visão social será inadmissível conviver com 100 milhões de brasileiros sem esgoto, 13 milhões de desempregados, somente 12% das rodovias brasileiras pavimentadas etc.

Vale também destacar uma derivada da responsabilidade social empresarial que chamamos de “licença social para operar”, que também deverá também fazer parte da nova consciência empresarial na criação de valor compartilhado com a sociedade.

Crédito: Divulgação

Como diz Michel Porter, consultor empresarial: “Para uma empresa ter sucesso precisamos de uma sociedade saudável”. 

O uso dos recursos naturais consciente, educação, saúde e igualdade de oportunidades são pilares de uma ação empresarial responsável.

O novo mundo está chegando e mesmo que ainda demore mais um pouco, este novo momento chegará e os grupos empresariais do setor de infraestrutura precisam estar preparados para uma competição em novas bases.

Como mensagem final cito Delmanto (2013):

“Não existe empresa rica em lugares pobres”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.