Mercado

Energia solar mantém crescimento durante a crise do novo coronavírus

A empreendedora Rita de Cássia Brito destaca a geração de emprego e renda num momento de dificuldade econômica

O nebuloso cenário da economia devido à pandemia da Covid-19 apresenta uma luz no fim do túnel para o setor de energia solar que vem mantendo o ritmo de crescimento mesmo diante da crise do novo coronavírus.

Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) o nicho de mercado registrou um crescimento de 27% na capacidade instalada em relação ao ano passado.

Entre janeiro e maio de 2020, esse modelo de abastecimento ganhou uma capacidade adicional de 1.236 MW, o suficiente para atender cerca de 4.800 residências.

Conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), em 2019 as instalações das placas de energia limpa triplicaram, enquanto o Ministério de Minas e Energia (MME) prevê que a instalação de placas solares deverá quadruplicar no Brasil até 2029.

Essa onda de crescimento na visão da empreendedora Rita de Cássia Brito, que comanda em Porto Velho a empresa Eletrowatt, é resultado do incentivo dos governos, a busca do consumidor pela economia na conta de luz e a consciência ambiental da sociedade.

Crédito: Divulgação

“Ficamos felizes porque estamos contribuindo para a melhoria da qualidade de vida do planeta e da população”, frisou a executiva, acrescentando que a previsão do setor é encerrar 2020 com um total acumulado de mais de 250 mil empregos no Brasil desde 2012.

Devido ao seu empreendedorismo nesse segmento econômico, Rita de Cássia Brito já recebeu o Prêmio Jovem Empreendedor, teve o caso de sucesso do seu negócio retratado na Revista Jovem Empreendedor e foi palestrante no Seminário Folha Jovem de Sustentabilidade.

Crédito: Divulgação

Todas as conquistas do empreendimento eu divido com o meu sócio, o engenheiro mecânico Kruger Darwich que coordena a área técnica, pois, além de ter uma vasto conhecimento acadêmico participa com frequência de eventos em nível nacional para acompanhar os avanços e as novas tendências da energia solar”, destacou  Rita de Cássia. 

Fonte: Rondonia ao vivo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.