Material

Daerp/SP faz trabalho de localização de vazamentos de esgotos que chegam aos córregos

Daerp

Serviço é realizado por meio de parceria entre o Daerp e a empresa Ambient


Equipes do Daerp, em parceria com a Ambient, empresa responsável pelo tratamento de esgoto de Ribeirão Preto, realizam um trabalho de localização de vazamentos de esgotos junto aos córregos de Ribeirão Preto. O objetivo é eliminar qualquer forma de contaminação dos mananciais por esgotos.
Segundo explicou Ednilson Mendes Pereira, chefe da Divisão de Operação de Esgoto da autarquia, o trabalho está sendo feito em todo o município. As equipes da autarquia e da empresa realizaram a divisão da cidade pelas bacias.

Daerp faz trabalho de localização de vazamentos de esgotos que chegam aos córregos

Serviço é realizado por meio de parceria entre o Daerp e a empresa Ambient

Equipes do Daerp, em parceria com a Ambiet, empresa responsável pelo tratamento de esgoto de Ribeirão Preto, realizam um trabalho de localização de vazamentos de esgotos junto aos córregos de Ribeirão Preto. O objetivo é eliminar qualquer forma de contaminação dos mananciais por esgotos. 

Segundo explicou Ednilson Mendes Pereira, chefe da Divisão de Operação de Esgoto da autarquia, o trabalho está sendo feito em todo o município. As equipes da autarquia e da empresa realizaram a divisão da cidade pelas bacias. 

Os técnicos percorrem as margens dos córregos observando onde há sinais de esgoto caindo pela galeria de águas pluviais. A partir desta constatação, foi iniciada a sondagem para localizar a origem do esgoto que está indo para a galeria pluvial e, consequentemente, para os córregos. “É um trabalho difícil, porque muitas vezes vai mais de uma semana até conseguir localizar em que ponto da galeria está entrando o esgoto”, disse Pereira. 

Localizada a fonte, que muitas vezes é uma rede de esgoto que está com algum vazamento, ou mesmo uma ligação clandestina que o joga na rede pluvial, os técnicos eliminam o foco da poluição. “Este trabalho é muito importante, porque permite acabar com a maioria dos derramamentos irregulares de esgoto na cidade”, completou Pereira. 

R$ 137 milhões em investimentos
O Daerp e a Prefeitura de Ribeirão Preto, por meio da Ambient, investiram nos últimos anos R$ 137,7 milhões na implantação de 97,2 quilômetros de redes coletoras e interceptores de esgoto, assegurando que o município atinja a universalização do sistema de saneamento público. 

Cerca de 98% das obras já estão concluídas, restando a conclusão de três estações elevatórias de esgoto e três passagens sob rodovias, que aguardam autorização dos projetos, pelas concessionárias, para serem executados. Segundo os dados divulgados pelo Sistema Nacional de Informações Sobre Saneamento (SNIS) de 2018, do Ministério de Desenvolvimento Regional, Ribeirão Preto trata 99,03% do esgoto coletado e a cobertura de atendimento de esgoto na zona urbana é de 98,23%. 

Quer saber mais?


LEIA MATÉRIA NA ÍNTEGRA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.