Negócios

Contêiner é tendência na arquitetura sustentável

Aprenda a revitalizar e usar a estrutura de contêiner em construções comerciais ou residenciais.

Soluções sustentáveis estão em alta nos projetos de arquitetura. Uma das que se destacam é o uso de contêineres em construções comerciais e até mesmo residenciais. A evolução na aplicação dessa estrutura é muito interessante, pois era utilizada, inicialmente, apenas para o transporte e armazenamento de cargas e se tornou um método construtivo. Como a construção em alvenaria exige muito tempo e diversos recursos, essa alternativa é uma solução mais econômica, com uma redução no período de obra de até 50%, além de preservar o meio ambiente.

Usados para o transporte dos mais variados tipos de carga, que vão desde alimentação até insumos para a indústria, a vida útil de um contêiner marítimo é de 10 anos, de acordo com a legislação internacional para transporte. No entanto, são estruturas com grande durabilidade e resistência, que podem ser reutilizadas em diversas outras áreas.

Embora a tendência esteja em alta, o uso de contêineres na construção não é uma novidade. As primeiras obras seguindo esse conceito foram levantadas na década de 1990, na Inglaterra. Alguns arquitetos usaram peças que estavam abandonadas em docas, para essa função, e deu certo.

Confira o passo a passo para o uso de contêineres na arquitetura:

  1. Limpeza pesada: o primeiro passo é limpar toda a área interna e externa do contêiner, já que não é possível saber que tipo de material foi transportado quando ele estava em uso. O ideal é usar produtos desinfetantes para uma higienização eficiente.

Créditos: Site Solventex.

  1. Lixamento mecânico: prepare a superfície metálica com ajuda de lixadeiras e escova de aço, para retirar a tinta e outras camadas de produtos do contêiner. É importante eliminar os pontos de ferrugem e corrosão.

Créditos: Site Solventex.

  1. Lixamento manual: onde a ferramenta mecânica não alcança, é preciso lixar manualmente. Cantos e outros espaços da estrutura metálica precisam ser lixados para a correta fixação dos materiais de preparação e pintura.

Créditos: Site Solventex.

  1. Escolha as tintas: é preciso levar em conta o ambiente em que a construção será instalada e suas intempéries. Usar um bom primer e uma tinta de acabamento apropriada ajuda a aumentar sua durabilidade. Para quem prefere um acabamento com brilho, é recomendado o uso da linha de esmaltes acrílico e poliuretano da Solventex. Porém, quando optamos por um acabamento brilhante em um material que está sendo reaproveitado, é natural que algumas falhas e imperfeições do contêiner apareçam mais.

Caso queira disfarçar estas imperfeições, opte por um produto com acabamento acetinado.

Créditos: Site Solventex.

  1. Comece a pintura: Aplique duas demãos do primer, escolha um com ação anticorrosiva. O primer ajuda a proteger o material, sendo essencial na preparação de superfície, além de ser um promotor de aderência formando uma base para a tinta de acabamento, que facilita o trabalho de pintura. Para o material galvanizado, o especialista recomenda o uso do Primer Galvanitex.

Créditos: Site Solventex.

Depois da aplicação do primer, é preciso esperar o intervalo entre demãos, conforme a orientação técnica. Inicie a aplicação da tinta de acabamento e fique atento à preparação correta da superfície e ao processo de homogeneização da tinta, para garantir um bom resultado do trabalho.

Procure bons profissionais

É preciso contratar mão de obra especializada para operar os guindastes e fazer os cortes de portas e janelas, além dos encaixes de um módulo no outro.

Qualquer corte modifica a estrutura do container e, por isso, as paredes devem ser reforçadas com steel frame e até colunas ou vigas, dependendo do caso.

Fonte: Solventex.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.