Negócios

Construção em Impressoras 3D.

Impressoras 3D

Na última semana foi divulgado a entrega de uma casa produzida totalmente realizada em uma impressora 3D na Holanda.

O projeto Mileston é da Universidade Técnica de Eindhoven e realizado em parceria com a prefeitura e outras quatro empresas. A ideia inicial é a produção de cinco casas. 

A casa com 94m2 e dois quartos possui um espesso isolamento e eficiência energética para que seja confortável no inverno.

Destaque para o tempo de execução: 120 horas.  No total são 24 elementos concretos impressos em uma impressora na cidade. O material utilizado foi desenvolvido para ser forte para conseguir realizar a sustentação da obra e úmido para que as camadas se integrem entre si.

As próximas casas serão entregues em breve e o próximo desafio é construir uma casa com mais de um andar.

Dentre os objetivos do projeto se inclui a redução de custos, sustentabilidade e uma melhor utilização do cimento a fim de evitar perdas. Outro ponto é o enfrentamento da questão de crises imobiliárias.

E no Brasil?

Impressoras 3D
Crédito: Divulgação

Nós já temos projetos de construção de casa 3D e a primeira foi construída no Rio Grande do Norte.  O projeto capitaneado pela Universidade Potiguar utilizou concreto para construir uma casa com 66,32 m2.

O projeto começou há 04 anos, com a construção da impressora. Já a etapa de impressão das paredes estruturais se estendeu por quase 7 meses. Ao longo dessa fase foi necessária uma série de ajustes, uma vez que a impressão foi realizada no local da obra.  Com relação ao composto cimentício, o grupo contou com o apoio da equipe de engenharia de materiais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte que trabalhou durante 06 meses para conseguir o composto ideal.  O software da máquina replica tecnologia consagrada pela chinesa Win Sun e pela russa Apis.

Considerando apenas a fase de impressão, o custo do m2 para construir a casa ficou em torno de 50 reais. Os pesquisadores, no entanto, asseguram que esse valor pode ser reduzido, com a criação de um modelo de negócio e investimento das empresas.

Vale destacar que algumas das principais empresas que desenvolvem a tecnologia de impressão 3D fora do Brasil já possuem investimento mensal na ordem de 30 milhões de dólares (cerca de 150 milhões de reais).

Quer ver um pouco deste processo? Clique no link e assista ao vídeo.

Fonte: Mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.