Negócios

Chatbot da MRV já renegociou mais de R$21 milhões por WhatsApp

Em um período de três meses, MIA, como é conhecido o chatbot da empresa, já atendeu mais de 1.300 chamados para renegociações de débito pelo aplicativo de mensagens; a expectativa é dobrar o volume desses acordos para os próximos meses

 Com o objetivo de facilitar a interação com seu consumidor, a MRV, plataforma líder em soluções habitacionais, em uma virada de chave de seu mindset, resolveu apostar ainda mais nas facilidades do mundo digital e passou a utilizar o aplicativo WhatsApp como meio para renegociação de dívidas e tornar a experiência de seu cliente mais fluida. Desde o fim de maio até meados de agosto desse ano, o chatbot MIA já atendeu mais de 1.300 chamados nesse sentido pelo aplicativo de mensagens e mais de R﹩ 21 milhões já foram renegociados.

Firmados exclusivamente com o uso do sistema de inteligência artificial, esses acordos foram feitos de forma prática, transparente e segura. Basta o cliente solicitar a negociação pelo número de Whatsapp (31) 9900-9000, que ele recebe a informação sobre seu saldo devedor com até seis propostas de pagamento, das quais ele pode escolher uma, e emitir o boleto de entrada, mediante a um simples “SIM” e posteriormente fazer sua assinatura eletrônica de confissão de dívida via DocuSing. Todo o processo é feito de forma remota e as condições ofertadas compreendem oportunidades de negociações diversas e o cliente pode analisar e escolher a que melhor atende seu momento financeiro.

A expectativa da empresa é que o volume total dessas renegociações aumente, no mínimo, em 30% já nos próximos meses. Com uma linguagem de fácil entendimento e uma persona amigável, MIA está disponível 24h, com o intuito de agregar ainda mais qualidade no atendimento aos clientes nas mais de 160 cidades onde a MRV está presente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.