Negócios

Ação solidária: em tempos de pandemia empresa paulista distribui kits de higiene e firma parceria com Instituto Brasil 200

A empresa já atua com ações no bairro do Sacomã e firmou parceria para expandir seu projeto.

Mesmo cientes de que a crise deve atingir vários negócios, quase todos os dias somos surpreendidos com notícias de empresários brasileiros que adotaram iniciativas de combate à propagação da Covid-19, como a produção e a distribuição de máscaras e álcool em gel, doações e medidas para tentar manter empregos.

É o que aconteceu com a empresa Rudloff, Zona Sul de São Paulo, que ampliou suas ações de filantropia para além dos muros da fábrica.

Sobre o projeto do Kit Solidário e a nova parceria com o Instituto Brasil 200, conversamos com Thomas Toutin, Diretor de Desenvolvimento de Negócios.

A Empresa que está em sua terceira geração, tem um nome conhecido no ramo de atividade de materiais mecânicos para a construção civil, com especialização em Concreto Protendido. Recentemente entraram no mercado de energia eólica. Uma companhia tradicional que completa em 2020  sessenta anos de história.

Passaram recentemente a maior crise do ramo, 2014 e 2016, o que forçou a empresa a mudar seu rumo em busca de novos mercados.

“Houve uma mudança de processo e de mentalidade de pessoas. Uma reformulação total que colocou a empresa no melhor patamar da história.”, o novo mercado que Thomas Rudloff, 29 anos menciona, é o de energia eólica, que hoje corresponde a 70 % do faturamento do grupo.

O que aconteceu nos últimos anos, só foi possível, pois o dono da empresa, Sr. Eduardo Rudloff, 70, é aberto a modificações e foge do pragmatismo da maioria dos empresários experientes.

“Ele foi o primeiro a querer e exigir as mudanças”, afirma Thomas Toutin.

Sem identificar as consequências da atual crise econômica, causadas pela transmissão do COVID-19, o start do empresário foi pensar em maneiras para ajudar, que começou com projetos interno de conscientização e mudanças de hábitos no dia a dia da empresa.

“A primeira etapa foi tomar todas as medidas possíveis: dividimos nosso turno de trabalho em três períodos, banimos o café comunitário e em troca, remuneramos os funcionários para consumir suas refeições em casa”, conta o Diretor que também lembra que a empresa gera renda para o bairro, mais de 50% dos funcionários moram no entorno da fábrica. Desde o final de março atuam na distribuição de Kits solidários às famílias no entorno da fábrica.

Início de março 2020. Créditos: Site Rudloff.

“Sentimos a necessidade de ajudar, fazer parte de algo maior, foi onde surgiu a ideia do Kit Solidário”, conta Thomas Toutin.

Cada Kit contém uma cesta básica, 03 máscaras de pano, 500 gr. De álcool gel e um panfleto informático sobre a doença, ações preventivas ao COVID-19.

Créditos: Site Rudloff.

No final de primeiro trimestre, decidiram expandir essa ajuda para outros bairros e para ampliar essa ideia, e ter acesso a outras comunidades, a empresa se uniu ao Instituto Brasil 200.

“Soubemos que o Instituto atuava em ações solidárias, distribuição de alimentos e refeições prontas para pessoas em situação de rua e também em comunidades carentes.”, conta o Diretor de Desenvolvimento de Negócios.

Quando o idealizador do Instituto, Gabriel Karner, soube dos Kits, proporcionou a oportunidade que esperavam, abranger essa ação para comunidades longe da fábrica.

Junto com o Instituto realizaram a primeira ação na segunda quinzena de abril.

Primeira ação em uma comunidade do Jardim Valquíria, zona leste de São Paulo, há duas semana atrás, entregamos 100 Kit´s. Créditos: Site Rudloff.

Nova postura empresarial

Outra mudança notória foi a postura corporativa, o que muitos chamam de empatia, alguns especialistas descrevem como, ações para sanar crises.

Para Thomas Toutin, toda a experiência refletiu no comportamento dos funcionários. “Hoje eu vejo uma empresa mais unida e novas lideranças surgindo, pessoas que se sentiram motivadas a aumentar e melhorar sua produtividade durante o expediente, nasceu uma liderança informativa”, descreve o Diretor.

Novas parcerias

Os kits são financiados pela própria empresa, porém, Thomas Toutin afirma que os diretores estão abertos a aumentar esse grupo de ajuda, com mais pessoas, mais comunidades serão beneficiadas.

Instituto Brasil 200

É uma associação civil sem fins lucrativos, com sede em São Paulo e representação em todos os estados da federação. Formado por empresários e representantes da sociedade em geral, buscam em suas ações reafirmar valores e princípios que garantem uma sociedade mais justa.

O IB200 é mantido pela contribuição de pessoas físicas e jurídicas de direito privado, sem receber verbas públicas. Para mais informações, acesse: www.brasil200.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *