Mercado

A maior construção em madeira do mundo

madeira

Vários edifícios disputam o título de prédio de madeira mais alto do mundo e no momento este título pertence ao o Mjøstårnet, um edifício de madeira com a impressionante altura de 81 metros em Brumundal, uma pequena cidade da Noruega.

Projetado por Voll Arkitekter, a torre conta com 18 pavimentos e mais de 11,3 mil metros quadrados, abrigando desde apartamentos, um hotel, um restaurante, escritórios e espaços de uso comum incluindo uma área de piscina de 4.700 metros quadrados. O Mjøstårnet possui uma base de 16 metros de largura, o que acredita ser o principal elemento relacionado com a altura possível de um edifício construído em madeira: “É principalmente a largura que determina a altura que podemos construir. Quanto mais larga for a base de um edifício de madeira, mais alto ele poderá ser construído. Um edifício mais largo em sua base permitiria facilmente atingirmos uma altura de 100 metros, ou até mais de 150 metros de altura“.

A possibilidade de desenvolver projetos de arranha-céus construídos em madeira é uma grande oportunidade para potencializar a sustentabilidade na construção civil. Como explica o idealizador do projeto, Arthur Buchardt, no primeiro vídeo da série Nordic Heights, a utilização de madeira local reduz drasticamente a pegada de carbono do edifício, bem como a produção de colunas e vigas feitas de madeira laminada colada requerem pouca energia em comparação as outras tradicionais técnicas construtivas.

As estruturas de madeira têm sido questionadas ao longo dos anos a respeito de sua capacidade em resistir ao fogo, no entanto, segundo Abrahamsen, é possível alocar as estruturas de madeira de forma que elas não sejam afetadas simultaneamente. O principal problema em construções deste tipo é a leveza do conjunto estrutural do edifício, que pode balançar com os fortes ventos da região, movendo-se cerca de 14 cm na parte mais alta. Para minimizar este efeito, placas de concreto foram utilizadas na estrutura do piso dos sete últimos pavimentos para aumentar a inércia do edifício na sua parte mais alta. Além disso o edifício também foi ancorado no solo com estacas de até 50 m de profundidade.

À medida que a procura por edifícios construído com estrutura de madeira cresce, novas regras foram adotadas pelo Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH) definindo que edifícios construídos com núcleos de concreto são estruturas híbridas de concreto e madeira.

Com isto a HoHo Tower em Viena e a Brock Commons em Vancouver não são mais consideradas as maiores estruturas de madeira do mundo, fazendo com que a Mjøstårnet estabeleça o novo recorde mundial até que seja superada por outra estrutura similar.

Quer saber mais? Assista o vídeo.

https://youtu.be/XzWLaTMhQIU

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.