Clube C3

blog

AR3000: envoltória eficiente para a conquista do selo LEED

Data do post: 10/08/2017

AR3000: envoltória eficiente para a conquista do selo LEED

O edifício AR3000 - Cabral Corporate & Offices, em Curitiba (PR), recebeu em 2016 o selo LEED Platinum e tornou-se referência em construção sustentável

Apresentando uma realidade da indústria da construção civil, o edifício AR3000 - Cabral Corporate & Offices, concluído pela construtora Andrade Ribeiro, tornou-se referência de sustentabilidade com uma das envoltórias mais eficientes do país.

O edifício recebeu recentemente a certificação LEED Platinum, a maior classificação existente para o selo verde, na qual o grande protagonista desta conquista é a fachada envidraçada. Com apoio técnico da Cebrace, a Petinelli, consultoria especializada em construções sustentáveis, realizou diversos estudos para determinar as melhores soluções em eficiência energética para a fachada, escolhendo o vidro de proteção solar Cool Lite KNT, de alta performance fabricado pela Cebrace, em aproximadamente 7.808,00 m².  Isso colaborou para o resultado final de uma economia de 38% no consumo de energia.

Localizado em Curitiba (PR), o AR3000 é um edifício de 25 pavimentos, com cerca de 33.450 m². Para se ter uma ideia, em um prédio padrão da região sul do Brasil, a necessidade de ar-condicionado gira em torno de uma máquina de 12.000BTU/hr para cada 20 m². No AR3000, devido ao desempenho da fachada, a necessidade será uma máquina para cada 38 m². Isso significa que o cliente que adquirir uma sala comercial no edifício irá instalar metade da capacidade do ar-condicionado de um prédio convencional. Com os benefícios da aplicação do vidro no AR3000, a redução no consumo de ar-condicionado chegou em 26%. Essa porcentagem representa uma economia total de R$671 mil por ano na conta de energia do empreendimento. Para o cliente, seria uma redução de R$3 mil na conta de energia anual.

De acordo com Bruno Martinez, engenheiro da Petinelli, o vidro Cool Lite KNT ofereceu o resultado procurado para a fachada do AR3000 por sua performance no bloqueio da radiação solar. “A escolha do vidro é fundamental para garantir conforto para os seus ocupantes. Assim, como a temperatura do ar, o bloqueio da radiação solar é um dos fatores mais importantes para garantir conforto térmico dos ocupantes. Por mais eficiente e bem projetado que o sistema de ar-condicionado possa ser, este não garante o conforto se a pele de vidro for mal projetada”, explica o engenheiro.

 Esse resultado foi alcançado porque os vidros de proteção solar utilizados permitem a entrada de luz no ambiente, ao mesmo tempo bloqueando 76% do calor e quase 100% dos raios UV. Com mais luz e menos calor, o aproveitamento da luminosidade natural é maior, assim como o conforto. Além disso, os vidros foram utilizados na versão insulada, que são lâminas duplas intercaladas por uma cavidade preenchida com ar ou gás, com o objetivo de obter melhor desempenho termoacústico. No AR3000, os vidros foram preenchidos com o gás argônio entre as lâminas, elemento que otimiza ainda mais a performance do produto por ter baixa condutividade térmica.

Ou seja, isso potencializou o bloqueio do calor, resultando em ainda maior eficiência energética.

A Baggio Schiavon Arquitetura destacou o aspecto estético e funcional que a fachada proporcionou para construção do AR3000. “Alguns benefícios do vidro em edifícios corporativos são a otimização com gastos energéticos e a proteção solar. Esse investimento gera qualidade de vida na rotina de trabalho, pois é possível desfrutar uma ampla visão, tornando o prédio atraente esteticamente. O design arrojado também é um diferencial, pois o prédio torna-se referência não apenas por sua aparência, mas pelo conjunto de fatores que compõem: aspecto inovador, eficiência enérgica e localização privilegiada”, ressalta o arquiteto Gianmarco Haddad.

 

 

Faça o login para visualizar / postar comentários

Pesquisar

Próximo evento

Vídeos

Breve
Home
Eventos